Quem sou eu

Minha foto
Viamão, RS, Brazil
Trabalhador, de Esquerda e Socialista!

Meu Site

Meu Site
Um Click e conheça quem é Itamar Santos

Total de visualizações de página

1ª CVS Rs

1ª CVS Rs
6,7 e 8 de Outubro de 2017 na FETAG RS.

1 ª CVS RS

1 ª CVS RS
Fetag RS

Eleição do CES RS

Eleição do CES RS
Eleito Vice Presidente do CES RS em 15-12-16

O Nosso Estado.

O Nosso Estado.
Rio Grande do Sul

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Anotações de um Governo de Mentiras.

#BonattoGovernoDeMentiras

Esse empréstimo para fazer uma prefeitura em Viamão tá cheirando direcionamento de dinheiro público para a coisa privada. Até porque não foi apresentado o projeto arquitetônico da obra, muito menos uma Audiência Pública onde o povo fosse consultado;

O prefeito Bonatto administra para os ricos e as obras acontecem onde ele tem suas escolas privadas;

A maior obra de Viamão foi Mac Donald que é privado e isso prova que sua gestão não vez nada pro povo;

A Upa que veio recursos federais ele não concluiu e mentiu quando transferiu o PA da São Lucas para o prédio inacabado da Vila Cecilia;

Com a saída dos médicos Cubanos Viamão ficará sem médico pra atender nas UBS's até que o #TemerIlegitimo recoloque os novos Médicos no lugar daqueles que concluirão o seu tempo aqui entre o povo viamonense;

O terreno público, na São Lucas junto ao Corpo de Bombeiros que é do povo elle quer dar pra Mumu(Vontobel) fazer 10 torres com 1058 aptos para vender aos xiquerrimos amigos do Prefeito Municipal;

#BonattoGovernoDeMentiras é um governo de ricos e para os ricos, onde o povo não tem vez;

A passagem dos ônibus são as mais caras do estado e quem lucra é a iniciativa privada;

E tem Mais onde #BonattoGovernoDeMentiras quer fazer um lixão em Viamão além de continuar colocando lixo no atual, o que é proibido mas para favorecer as caçambeiras #Elle az vista grossa;

E tem o escândalo do matadouro clandestino onde seu Secretário de Agricultura tá envolvido;

E tem o escândalo da Merenda Escolar onde a tal cooperativa que fornece não produz nada inviabilizando os pequenos produtores rurais locais;

E tem muito mais ruas esburacadas, com barro, ônibus de péssima qualidade, ubs em número insuficiente, o #HCV pode fechar porque o Estado de #SartoriGovernoDeMentiras não repassa Mais de 12 milhões e o #Bonatto nada faz para o seu aliado no RS cumpra com o seu dever Constitucional de pagar o Hospital de Viamão que é mantido pelo Instituto de Cardiologia do RS.

Como Tod@s e Todos podemos ver nesses últimos 4 anos o #PSDB45 mentiu para o povo de Viamão governando somente para os ricos empresários de Viamão.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

A Vida dos Aposentados e Pensionistas estam em risco



Os atos executados pelo governo do presidente interino Michel Temer vão reduzir o piso dos benefícios pagos pelo INSS, vai acabar com o SUS, vai colocar a Aposentadoria para 70 anos para mulheres e homens e vai passar para 80 horas de trabalho semanais e não vai acabar com a corrupção.

Essas medidas faz parte das propostas da Reforma da Previdência Social e de mais 55 projetos de lei em tramitação na CÂMARA FEDERAL deverão ser implementadas com a criação de um salário de referência, menor que o atual Salario Minimo Nacional, para as aposentadorias e pensões, desvinculando seus valores do reajuste do salário mínimo, entre outros ataques aos direitos sociais dos trabalhadores brasileiros.

O objetivo é estabelecer uma renda menor para os segurados para assim fazer o tal do Superavit Primário, o que significa, retirar dinheiro dos Aposentados para pagar os Banqueiros Nacionais e Internacionais.
Atualmente, mais de 21 milhões de segurados do INSS recebem o piso nacional.

Em Viamão somos mais de 25 mil Aposentados ou Pensionistas o que significa que não há na cidade nada que garanta renda para tantas famílias como a Previdência Social.

Para o Governo Ilegitimo de Temer e seus Patrões da FIESP-FIERGS é indispensável que se elimine a indexação de qualquer benefício ao valor do salário mínimo.

Para Elles o salário mínimo não é um “indexador de rendas, mas um instrumento próprio do mercado de trabalho”, diz um trecho do documento, em que se ressalta que “os benefícios previdenciários dependem das finanças públicas e não devem ter ganhos reais atrelados ao crescimento do PIB, apenas a proteção do seu poder de compra”.

Ou seja, trabalhamos uma vida toda para depois sermos tratados pior do animais que recebem somente uma ração diária para subsistência.

O projeto ‘Uma ponte para o Futuro’, elaborado pelo Instituto Ulysses Guimarães e que traça diretrizes do governo interino, como medidas da Reforma Previdenciária.

O seu ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse em entrevista à grande Midia que o País deverá fixar a idade mínima de 65 anos para as aposentadorias de homens e mulheres. Meirelles criticou o conceito de direito adquirido e afirmou que a reforma previdenciária deveria valer para os trabalhadores na ativa que ainda não contribuíram por 35 anos.

Este documento decreta o fim da desindexação dos benefícios do INSS ao reajuste do salário mínimo assim como a desvinculação do mínimo para o piso do INSS, ou seja terá um piso menor que o salário minimo.
Somos Muitos e Exigimos Respeito.

Para o Diretor do Instituto de Estudos Previdenciários (Ieprev), o advogado Luiz Veríssimo a medida é considerada “indigna” para aposentados e pensionistas. “O salário mínimo já não garante para a pessoa um poder de compra satisfatório. Se reduzir mais, corre o risco de comprometer a sobrevivência e dignidade dos brasileiros”.

A pesquisadora do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Ana Amélia Camarano explica que em momentos de crise econômica a família é chamada a cuidar de filhos, netos e bisnetos.

A população de idosos representa um contingente de quase 15 milhões de pessoas com 60 anos ou mais de idade (8,6% da população brasileira). As mulheres são maioria, 8,9 milhões (62,4%) dos idosos são responsáveis pelos domicílios e têm, em média, 69 anos de idade e 3,4 anos de estudo. (http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/25072002pidoso.shtm )

Como 80% da população de idosos recebe um benefício da Previdência Social e tem renda garantida, são Eles que passam a prover o sustento de muitas gerações, apesar de o valor do benefício, muitas vezes, ser insuficiente para custear todas as despesas de uma casa.

De fato, a capacidade de poupança do brasileiro é baixa. Mas a renda é baixa. Não podemos esquecer que mais de 30% das pessoas não contribuem para o INSS e isso será um problema nos próximos anos”, ressaltou.

A Manipulação nos cálculos.


Em audiência no Senado Federal, a professora Denise Lobato Gentil, do Instituto de Economia da UFRJ (Universidade Federal do Rio Janeiro), explicou que o governo federal manipula os números porque a “Constituição diz que a Seguridade Social será financiada por contribuições do empregador (incidentes sobre a folha de salários, o faturamento e o lucro), dos trabalhadores e do Estado.

Mas o que se faz é um cálculo distorcido. Primeiro, isola-se a Previdência da Seguridade. Em seguida, calcula-se o resultado da Previdência levando-se em consideração apenas a contribuição de empregadores e trabalhadores, e dela se deduz os gastos com todos os benefícios”.

Seguindo essa metodologia, a Previdência é deficitária.
A Previdência Social da Lucro e por isso pode e deve manter um Salário Digno aos Homens e mulheres Trabalhadores Aposentados do Brasil.

Só que a base de financiamento da Seguridade Social inclui outras receitas, “como a CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido), Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) e as receitas de concursos de prognóstico (resultado de sorteios, como loterias e apostas)”.

Quando se consideram esses recursos, constata-se que a Previdência é superavitária: em 2015, apesar da recessão e do desemprego, a Previdência obteve uma receita bruta de R$ 675,1 bilhões, e gastou R$ 658,9 bilhões. Portanto, mesmo com um quadro econômico extremamente adverso, o sistema conseguiu gerar um superávit de R$ 16,1 bilhões.

De acordo com Denise, o objetivo da reforma “é cortar gastos para dar uma satisfação ao mercado, que cobra o ajuste fiscal”.
Nada é dito sobre os gastos com juros, que têm um impacto muito maior sobre o Orçamento.

Ela critica duramente as desonerações promovidas pelo governo Dilma, que em 2015 chegaram a “R$ 282 bilhões, equivalente a 5% do PIB, sendo que 51% dessas renúncias foram de recursos da Seguridade Social. Essas desonerações não produziram o resultado previsto pelo governo, que era o de elevar os investimentos. Apenas se transformaram em margem de lucro”.

Em relação à idade mínima de 65 anos, Denise explica que a medida atingiria 29% das concessões. O problema é que esses beneficiados “normalmente começaram a trabalhar cedo. Sacrificaram seus estudos, ganham menos, têm saúde mais precária e vivem menos".

“Essas pessoas formam dois grupos. Os que se aposentam precocemente acabam voltando a trabalhar e a contribuir para o INSS; não são um peso para a União". 

“Outros que se aposentam mais cedo o fazem compulsoriamente porque não conseguem manter seus empregos, na maioria das vezes por defasagem entre os avanços tecnológicos e sua formação ultrapassada, ou pelo aparecimento de doenças crônicas que certos ofícios ocasionam. Estes já são punidos pelo fator previdenciário, que reduz o valor do benefício.”

Tratar a todos como se o mercado de trabalho fosse homogêneo ao criar idade mínima é injusto e cruel, principalmente numa economia em recessão”.


A proposta do governo não tem o apoio da maioria da população.
Uma pesquisa feita pela Vox do Brasil para a CUT (Central Única dos Trabalhadores) em dezembro de 2015 mostrou que 88% dos brasileiros dizem que “o governo não deveria dificultar as regras para aposentadorias.” O levantamento ouviu 2.000 pessoas de 11 e 14 de dezembro.

Uma outra pesquisa, divulgada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), apontou que 51% da população brasileira quer se aposentar com menos de 55 anos e apenas 17% acreditam que a idade mínima ideal para começar a receber os benefícios seria acima de 60 anos. (Fonte: http://www.ocafezinho.com/2016/05/25/governo-manipula-dados-para-forcar-reforma-da-previdencia-denuncia-professora-do-instituto-de-economia-da-ufrj/ )

Alguns números que mostram o tamanho da RESPONSABILIDADE dos aposentados:

17 milhões É o número de famílias que têm um idoso como provedor das necessidades no Brasil;

6,5 milhões São os idosos que estavam trabalhando ou buscando emprego de janeiro a março;

480 mil É o universo de aposentados que ainda contribuem para o INSS;

Em Viamão Os Trabalhadores Aposentados somam mais de 25 mil trabalhadores e trabalhadoras que sustentam suas famílias, alem de ajudar filhos e netos. Os Trabalhadores Aposentados de Viamão representam o MAIOR numero de pessoas com Renda na Cidade, ou seja, não há nenhuma empresa, Pública ou Privada que remunerem esse numero de famílias.

itamarssantos13@yahoo.com.br
www.itamarsantos.com.br 



6ª Conferência Estadual de Saúde, de 1 a4 de Setembro de 2011, em Tramandaí/RS

14ª Conferência Nacional de Saúde, de 30 de Novembro a 04 de Dezembro, em Brasilia.

1ª Conferência de Saúde Ambiental de Viamão.

1ª Conferência de Saúde Ambiental de Viamão.
Itamar Santos é eleito Delegado à etapa Estadual.

Representantes de Viamão na I Conferência Nacional de Saúde Ambiental-Etapa Estadual

Representantes de Viamão na I Conferência Nacional de Saúde Ambiental-Etapa Estadual
Verônica-PMV, Delmar-ONG, Simone-UAMVI, Itamar Santos-Mov. Sindical.

A Igreja Matriz de Viamão.

A Igreja Matriz de Viamão.
Referência de um Povo.

As 10 estratégias de manipulação midiática, por Noam Chomsky

Neoliberalismo e Globalização. Saiba o que são!

Juizes e suas Mordomias! Isso o JN não mostra.

CHÊ

CHÊ
O Maior Revolucioário que já viveu!!!

Bandeira do nosso time.

Bandeira do nosso time.

Eu sou Gaúcho

Eu sou Gaúcho
Mas,bah! Tche!

fidel

fidel
Um Lider

Saramago disse:

Eu na Internet

Charges que falam por si!!!!

Charges que falam por si!!!!
Sarney

Ataque aos Trabalhadores I

Ataque aos Trabalhadores I
Bm usa cavalaria contra MST em São Gabriel.

Ataque aos Trabalhadores

Ataque aos Trabalhadores
Trabalhadores encurralados pela BM em São Gabriel.

Assassinato do Trabalhador Rural Elton Brum em São Gabriel-RS

Assassinato do Trabalhador Rural Elton Brum em São Gabriel-RS
Marcas do tiro de calibre 12, arma da BM do Governo Yeda(PSDB,PMDB,PTB,PP,DEM) - Fotos do rsurgente-

Assassinato de São Gabriel

Assassinato de São Gabriel
Tiro a traição, da BM, mata trabalhador rural em São Gabriel.

A Guerra.

A Guerra.
BM usa armas de guerra contra MST em São Gabriel.

Paim prestigia ato em Viamão.

Paim prestigia ato em Viamão.
Paim observa discurso de Itamar Santos.

E o Congresso?

E o Congresso?
Sarney

Os Congressistas.

Os Congressistas.
Da coleção Sarney 2009

Visitantes. A partir de 05/10-2009

Paim em Viamão.

Paim em Viamão.
Ronaldo, Senado Paim, Itamar Santos e Ridi.