Quem sou eu

Minha foto
Viamão, RS, Brazil
Trabalhador, de Esquerda e Socialista!

Meu Site

Meu Site
Um Click e conheça quem é Itamar Santos

Total de visualizações de página

1ª CVS Rs

1ª CVS Rs
6,7 e 8 de Outubro de 2017 na FETAG RS.

1 ª CVS RS

1 ª CVS RS
Fetag RS

Eleição do CES RS

Eleição do CES RS
Eleito Vice Presidente do CES RS em 15-12-16

O Nosso Estado.

O Nosso Estado.
Rio Grande do Sul

sábado, 17 de fevereiro de 2007

Na Geral.

Temos que estar sempre atentos quando lemos, ouvimos ou assistimos aos noticiários. Preste atenção quando as noticias são referentes à Prefeitura de Porto Alegre ou ao Governo estadual.
Outro dia, li que a Prefeitura de Porto Alegre está se gabando de fazer uma gestão muito enxuta, muito econômica.
Ao que parece, a Prefeitura de Porto Alegre está satisfeita com sua atuação, pois vou dizer: nunca, desde que os casais açorianos chegaram ao canal onde os escravos ergueriam a Ponte de Pedra, em 1845, nunca, desde então, Porto Alegre esteve tão ruim como está agora.
Você duvida? Então observe! Nunca houve tanta gente abandonada nesta cidade, nunca se viu tantos mendigos esmolando pelas esquinas, tantos sem-teto dormindo debaixo das marquises, famílias morando dentro de canos, gente emergindo dos esgotos feitos ratazanas subnutridas, e pior, muito, muitíssimo pior: nunca houve tantos meninos e meninas vagando sozinhos pelas ruas, de pés descalços, imundos, ranhentos, tratados como cachorros nas sinaleiras. Essa é a gestão da Prefeitura de Porto Alegre.
No segundo final de semana do mês de fevereiro, um jornal de grande circulação da capital publicou por três dias consecutivos a historia da vida do seu Renato Luccas e de sua família que estavam morando em um cano. A reportagem enfoca sensacionalisticamente o drama do casal e de seu filho desconsiderando as causas que lhe proporcionaram estar daquele jeito.
O editor não questionou se a família do desabrigado era só ele, a esposa e o menino Douglas. Você pode indagar o que tem a ver para o editor essa informação? Para o jornal, digamos que não tenha nenhuma importância, mas para o Conselho Tutelar tem, para a FASC tem e para o Estado também tem.
Ao fazer essas pesquisas saberiam que o seu Renato é pai de mais de dez filhos e filhas, que duas jovens já passaram pela FEBEM e quatro estão abrigados atualmente em um abrigo da Fundação de Proteção Especial do Rio Grande do Sul. Isso as que eu conheço. E o mais grotesco descuido estatal se dá quando não trata primeiramente a doença que aflige o seu Renato, o alcoolismo.
Enquanto esse senhor não for tratado contra o vicio do álcool, ele não vai conseguir se estabilizar na condução de sua vida e de seus dependentes e vai trocar por cachaça a casa que dizem que lhe deram como já vez em outras oportunidades.
É pensando e sabendo disso, nesses meninos, nessa gente abandonada, que me irrito com o debate que mais uma vez a imprensa escrita e falada pautou no país, desde a morte brutal do pequeno João no Rio. Pois, sempre que acontece esse tipo de aberrações criminosas provocadas por pobres e negros só se fala em construção de presídios, em aumento do rigor das punições, em mudança do código penal, pena de morte e redução da idade penal para jovens.
Mas quando os assassinos são de “alta classe”, como no caso de Suzana Richohofen, onde ela planejou a morte de seus pais sempre aparece alguém de peso para relativizar o acontecido dizendo que a jovem tem problemas emocionais. Outro exemplo é o caso da morte do índio pataxó que foi barbaramente assassinado, literalmente assado, pelos “pleibois” brasilienses quando o feito foi desqualificado por “respeitável” Juíza do DF que mencionou que os rapazes queriam “brincar” como o índio. Aí eles se esquecem de condenar exemplarmente os criminosos ricos. Esta é a prova cabal de que há no Brasil uma ferrenha luta de classes, de um lado os pobres, lutando para sobreviver e de outro os ricos explorando os pobres e sustentando o trafico de drogas e a corrupção neste país.
O telespectador chocado com todas essas barbáries vê inertes os “formadores de opinião” discutir as conseqüências, esquecendo-se propositadamente das causas. A idéia é punir quem faz. Não evitar que se faça. É possível evitar que se faça. Basta tirar esses meninos das ruas. Basta que a gestão seja voltada para as pessoas, não para o balanço contábil.
O Brasil clama por rigor contra o crime? Eu também. Sejamos rigorosos contra o crime antes que o crime seja cometido. Em vez de confinar menores nos presídios, vamos OBRIGÁ-LOS a ir para a escola. Em vez de lutar para que a legislação permita a detenção de meninos de 16 anos, vamos lutar para que a legislação torne OBRIGATÓRIA a internação de TODAS as crianças na escola, o dia inteiro. Inclusive o filho do rico. Inclusive o seu filho, minha senhora. Vamos criar uma legislação que determine que o tratamento de viciados deva ser COMPULSORIO E DEVER DO ESTADO e com campanhas como às realizadas contra a AIDS. Não há dinheiro para tanta coisa?Há, sim. Existe disposição na comunidade para um projeto de salvação nacional. Existe solidariedade de sobra no Brasil. Os jogadores de futebol são exemplos notórios, tantos deles que montam instituições de caridade, que querem, mas não sabem como ajudar. Se o Estado não tem recursos, o Estado deve deixar de pagar a divida interna e externa para salvar o povo e tem liderança para orientar as pessoas com vontade de ajudar, para mobilizar a comunidade, os empresários, os trabalhadores, nós todos.
Eu acredito que seja possível. Desde que se queira.
veritasantos@brturbo.com.br
Viamão 16 de favereiro de 2007.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007

Juventude.

A juventude ou a adolescência é o melhor período da vida, mas iremos descobrir isso depois que passou, às vezes, sendo muito tarde para recuperarmos o que possamos ter deixado de fazer ou de ter feito de forma errada.
A definição técnica desse tempo de nossas vidas aponta como sendo o período de mudanças da puberdade, ou seja, a transição entre a infância e a fase adulta que se inicia. Mas, nas ultimas décadas a adolescência vem sendo considerada o momento mais importante do desenvolvimento de uma pessoa porque é nele que fica registrada a imagem corporal definitiva e a estruturação da personalidade a qual levaremos para o restante de nossas vidas.
É neste período que fizemos as nossas descobertas, descobrimos a nós mesmos; é a partir e após de muita indecisão que escolhemos o que queremos ser profissionalmente. É o tempo das grandes paixões e das grandes lutas, somos revoltados como tudo e com todos (sentimentos que voltaremos a ter outra vez após os 40 anos).
A juventude por ser esse período de descobertas nos coloca em situações que nossa prudência não é considerada e por não conhecer todos os riscos que teremos que enfrentar, nos coloca em situações embaraçosas ou às vezes de perigo eminente.
Na atual sociedade em que vivemos os jovens principalmente, são bombardeados por verdadeiras guerras midiáticas impondo-lhes “modelos” de como se devem portar frente a sua comunidade ou grupo social.
A impaciência com a lentidão do mundo dos adultos e a pressa em querer resolver imediatamente os problemas que acha ter. Faz com que na maioria das vezes acabe se dando mal, em ter optado por relações que julgam benéficas, mas ao conviver mais próximos desses que acha serem seus “amigos” percebe que não são e pode ocasionar em atos de extrema violência.
As dificuldades impostas pela sociedade capitalista fazem com que os nossos jovens se sintam abatidos e desanimados por não ter encontrado retorno para suas reivindicações. A sociedade não lhes oferece oportunidades de lazer, educação e de trabalho o que lhes causa mais revolta.
Essa revolta poder ser o ingrediente decisivo aos jovens que não possuem um ambiente familiar estruturado, pois essas negativas sociais, para ele, são sinais de preconceito e de permanente exclusão social podendo ser utilizada como justificativa para a sua iniciação no mundo da criminalidade.
Outro fator fundamental na formação da juventude e que deve ser observado por aqueles que são os responsáveis por essa fase da vida está localizada e focalizada na limitação atribuída aos jovens. As regras e os limites devem fazer parte da construção da juventude, bem como o oferecimento de bons valores morais e éticos.
Deve-se ter cuidado para não criarmos situações forçadas para as nossas crianças impondo-lhes responsabilidades ou transferindo-lhes sonhos que nós não conseguimos realizar. Uma menina de 8 ou 10 anos deve se vestir como uma menina dessa idade, não como se fosse uma daquelas modelos que as revistas de moda ou as novelas vendem como sendo o biotipo da perfeição ou ainda se o seu filho não é nenhum Ronaldinho, não lhe exija como se ele tem que ser só porque você quer que ele seja.
Então o controle de nossas vontades e possuirmos a autoridade sobre os nossos filhos são fundamentais na sua formação como cidadãos. Se isso for deixado de lado, com certeza o vicio e o crime organizado substituirá a sua autoridade e você perderá o bem mais precioso que temos, os exemplos estão acontecendo diariamente. Você pode ser o próximo!!!!
veritasantos@brturbo.com.br
Viamão, 12 de janeiro de 2007.

6ª Conferência Estadual de Saúde, de 1 a4 de Setembro de 2011, em Tramandaí/RS

14ª Conferência Nacional de Saúde, de 30 de Novembro a 04 de Dezembro, em Brasilia.

1ª Conferência de Saúde Ambiental de Viamão.

1ª Conferência de Saúde Ambiental de Viamão.
Itamar Santos é eleito Delegado à etapa Estadual.

Representantes de Viamão na I Conferência Nacional de Saúde Ambiental-Etapa Estadual

Representantes de Viamão na I Conferência Nacional de Saúde Ambiental-Etapa Estadual
Verônica-PMV, Delmar-ONG, Simone-UAMVI, Itamar Santos-Mov. Sindical.

A Igreja Matriz de Viamão.

A Igreja Matriz de Viamão.
Referência de um Povo.

As 10 estratégias de manipulação midiática, por Noam Chomsky

Neoliberalismo e Globalização. Saiba o que são!

Juizes e suas Mordomias! Isso o JN não mostra.

CHÊ

CHÊ
O Maior Revolucioário que já viveu!!!

Bandeira do nosso time.

Bandeira do nosso time.

Eu sou Gaúcho

Eu sou Gaúcho
Mas,bah! Tche!

fidel

fidel
Um Lider

Saramago disse:

Eu na Internet

Charges que falam por si!!!!

Charges que falam por si!!!!
Sarney

Ataque aos Trabalhadores I

Ataque aos Trabalhadores I
Bm usa cavalaria contra MST em São Gabriel.

Ataque aos Trabalhadores

Ataque aos Trabalhadores
Trabalhadores encurralados pela BM em São Gabriel.

Assassinato do Trabalhador Rural Elton Brum em São Gabriel-RS

Assassinato do Trabalhador Rural Elton Brum em São Gabriel-RS
Marcas do tiro de calibre 12, arma da BM do Governo Yeda(PSDB,PMDB,PTB,PP,DEM) - Fotos do rsurgente-

Assassinato de São Gabriel

Assassinato de São Gabriel
Tiro a traição, da BM, mata trabalhador rural em São Gabriel.

A Guerra.

A Guerra.
BM usa armas de guerra contra MST em São Gabriel.

Paim prestigia ato em Viamão.

Paim prestigia ato em Viamão.
Paim observa discurso de Itamar Santos.

E o Congresso?

E o Congresso?
Sarney

Os Congressistas.

Os Congressistas.
Da coleção Sarney 2009

Visitantes. A partir de 05/10-2009

Paim em Viamão.

Paim em Viamão.
Ronaldo, Senado Paim, Itamar Santos e Ridi.