Quem sou eu

Minha foto
Viamão, RS, Brazil
Trabalhador, de Esquerda e Socialista!

Meu Site

Meu Site
Um Click e conheça quem é Itamar Santos

Total de visualizações de página

1ª CVS Rs

1ª CVS Rs
6,7 e 8 de Outubro de 2017 na FETAG RS.

1 ª CVS RS

1 ª CVS RS
Fetag RS

Eleição do CES RS

Eleição do CES RS
Eleito Vice Presidente do CES RS em 15-12-16

O Nosso Estado.

O Nosso Estado.
Rio Grande do Sul

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

A "Força Sindical".

A atual crise do sistema capitalista mundial trás para o centro do debate qual (is) o(s) destino(s) da classe trabalhadora mundial e de como os seus representantes mais imediatos, os sindicatos/ sindicalistas, vão se portar frente ao enfrentamento com a classe patronal.

Representantes da classe patronal em permanente lobby aprofundam as pressões ao governo Lula afim de “precarizar” ainda mais as condições de trabalho com o que eles apelidam de “flexibilização” das leis trabalhalistas.

Em recente visita ao Presidente Lula, o Presidente da Vale (Estatal privatiza por FHC), o testa de ferro do capitalismo multinacional, Roger Agnelli apresentou-lhe a proposta patronal de “flexibilização” das leis trabalhistas que segundo ele: “seria temporário, para ajudar a ganhar tempo enquanto essa fase difícil não passa”.

A mais de 20 anos o movimento sindical brasileiro luta por dentro do projeto neoliberal para manter as vagas de trabalho já existente e repor, no mínimo, a inflação do período, luta anulada pela estratégia empresarial de demitir os trabalhadores detentores desse beneficio por novos trabalhadores com salário mais baixo e que não são sindicalizados. Com essa estratégia a classe patronal mascará os índices oficiais de emprego, criando assim uma “bolha” de estabilidade das vagas de trabalho.

Além dessa dificuldade comum no sindicalismo brasileiro, há um problema gerado pela quebra de unicidade sindical, que ao mesmo tempo democratiza os debates no interior da classe trabalhadora, mas traz um ingrediente entreguista uma vez que alguns sindicalistas que dominam sindicatos e suas centrais sindicais não são nada democráticos fazendo “acordos” nefastos à classe trabalhadora.

Esse entreguismo pode-se presenciar quanto, via imprensa patronal, somos informados de que o Presidente da Central Força Sindical Paulinho, também Deputado Federal do PDT de São Paulo, o mesmo que esta sendo acusado de desviar dinheiro do BNDES propõe ao patronato nacional tudo aquilo que os mesmos estão pressionando o governo e a sociedade para conceder-lhes.

A força sindical, central criada pela democracia social brasileira que tem como orientação ideológica o ideário capitalista-neoliberal defendido e difundido pelo PSDB, foi criada pra disputar inicialmente com a CUT e atualmente com as demais centrais de origem classista de esquerda o controle da classe trabalhadora por dentro dos sindicatos.

Com a formação da Força Sindical e adoção de seu projeto chamado de “sindicalismo de resultados” que nada mais é do que a adoção de uma política bonificativa onde a sua base sindical contenta-se com muito pouco em troca de não ser demitido. O sindicalismo brasileiro perde o seu poder de pressão frente à classe patronal que vê nesta central um aliado com poder de persuasão capaz de fazer aprovar propostas de seu interesse.

Aproveitando-se mais uma vez da crise criada pela classe dominante o “sindicalista pelego” Dep. Paulinho antecipa-se e faz coro com seus chefes e apresenta a mesma proposta apresentada por Agnelli e pela FIESP. Proposta que consiste basicamente em reduzir a jornada de trabalho associada à redução salarial, uso do já existente banco de horas, suspensão temporária do contrato de trabalho com a consequente interrupção dos direitos trabalhistas, férias coletivas e licenças remuneradas bancadas pelo dinheiro público.

Nada de novo que não seja de conhecimento de todos e de que não esteja no falido projeto neoliberal.

A Classe Trabalhadora tem que se atentar para lutar sempre em defesa dos direitos já conquistados e de que só mudamos de século, no mais é a mesma prática secular de exploração do capital em relação ao trabalho e ao trabalhador (a).

MSN: itamarssantos13@hotmail.com

Public. no www.melhordetodos.com.br em 16/01/2009

6ª Conferência Estadual de Saúde, de 1 a4 de Setembro de 2011, em Tramandaí/RS

14ª Conferência Nacional de Saúde, de 30 de Novembro a 04 de Dezembro, em Brasilia.

1ª Conferência de Saúde Ambiental de Viamão.

1ª Conferência de Saúde Ambiental de Viamão.
Itamar Santos é eleito Delegado à etapa Estadual.

Representantes de Viamão na I Conferência Nacional de Saúde Ambiental-Etapa Estadual

Representantes de Viamão na I Conferência Nacional de Saúde Ambiental-Etapa Estadual
Verônica-PMV, Delmar-ONG, Simone-UAMVI, Itamar Santos-Mov. Sindical.

A Igreja Matriz de Viamão.

A Igreja Matriz de Viamão.
Referência de um Povo.

As 10 estratégias de manipulação midiática, por Noam Chomsky

Neoliberalismo e Globalização. Saiba o que são!

Juizes e suas Mordomias! Isso o JN não mostra.

CHÊ

CHÊ
O Maior Revolucioário que já viveu!!!

Bandeira do nosso time.

Bandeira do nosso time.

Eu sou Gaúcho

Eu sou Gaúcho
Mas,bah! Tche!

fidel

fidel
Um Lider

Saramago disse:

Eu na Internet

Charges que falam por si!!!!

Charges que falam por si!!!!
Sarney

Ataque aos Trabalhadores I

Ataque aos Trabalhadores I
Bm usa cavalaria contra MST em São Gabriel.

Ataque aos Trabalhadores

Ataque aos Trabalhadores
Trabalhadores encurralados pela BM em São Gabriel.

Assassinato do Trabalhador Rural Elton Brum em São Gabriel-RS

Assassinato do Trabalhador Rural Elton Brum em São Gabriel-RS
Marcas do tiro de calibre 12, arma da BM do Governo Yeda(PSDB,PMDB,PTB,PP,DEM) - Fotos do rsurgente-

Assassinato de São Gabriel

Assassinato de São Gabriel
Tiro a traição, da BM, mata trabalhador rural em São Gabriel.

A Guerra.

A Guerra.
BM usa armas de guerra contra MST em São Gabriel.

Paim prestigia ato em Viamão.

Paim prestigia ato em Viamão.
Paim observa discurso de Itamar Santos.

E o Congresso?

E o Congresso?
Sarney

Os Congressistas.

Os Congressistas.
Da coleção Sarney 2009

Visitantes. A partir de 05/10-2009

Paim em Viamão.

Paim em Viamão.
Ronaldo, Senado Paim, Itamar Santos e Ridi.